Informação

Autores

Ideias e práticas renovadoras para tempos de transformação

Ideias e práticas renovadoras para tempos de transformação

A Editora Novos Diálogos completou 5 anos no final de 2015. Nossa principal expectativa ao criar um selo editorial sempre foi a de contribuir, através de conteúdo de qualidade, para a reflexão e conversa de cristãos e cristãs com a sociedade e cultura brasileiras a partir de uma perspectiva evangélica, engajada, criativa, aberta e plural. Os fundamentos dessa possibilidade, para nós, estão nas possibilidades das ideias de imaginação e diálogo. É por aí que queremos caminhar em 2016 trazendo, sobretudo, autores e autoras brasileiras e latino-americanas para a conversa com o leitor.

Nesse sentido, preparamos um conjunto variado de títulos de autoras e autores brasileiros, latino-americanos e norte-americanos para estimular nossa imaginação e experiências como cristãos e cristãs no Brasil contemporâneo. Além disso, esse ano a Novos Diálogos se envolve em duas novas iniciativas: a Campanha Preto no Domingo e o Festival Reimaginar | Justiça. Espiritualidade. Cultura.

A Campanha Preto no Domingo é uma campanha que pretende levar às igrejas evangélicas a reflexão sobre o racismo e o preconceito que existem na sociedade brasileira e como as comunidades seguidoras de Jesus de Nazaré podem contribuir no enfrentamento do racismo e suas implicações na vida cotidiana de afrodescendentes. É uma campanha promovida pela Novos Diálogos, pelo Movimento Negro Evangélico e pela Madalena Agência de Notícias e que envolverá muitos parceiros.

O Festival Reimaginar, por sua vez, pretende reunir membros de igrejas evangélicas e participantes de redes, movimentos e articulações que vinculam fé e justiça para a discussão de temas de relevância social e eclesial. Pretende ser, portanto, um evento anual que marca a discussão dos evangélicos a respeito da relevância da fé evangélica na sociedade brasileira, oferecendo discussão dialogal, ampla, aberta, imaginativa, criativa, incluindo as artes, a música em especial, oferecendo oportunidades de invenção e visibilização de novos temas, novos encontros, novos diálogos entre pessoas, ideias, agendas, movimentos e setores.

Esperamos que a Editora Novos Diálogos ajude a promover diálogos e conversas promissoras em 2016, oferecendo recursos e ferramentas para moldar ideias e práticas renovadas e renovadoras para tempos de profunda transformação e incertezas como o nosso.

 

Por Flavio Conrado